FERIADO REGIMENTAL - Dia do Magistrado e Dia do Advogado são comemorados nesta terça-feira

13:30 | 10 de agosto de 2020




DA CASA - Em razão do Dia do Magistrado e do Dia do Advogado, ambos comemorados em 11 de agosto, as atividades da Justiça do Trabalho estarão suspensas nesta terça-feira em Mato Grosso. A data é um dos feriados regimentais previstos no calendário da instituição.

Instituída em 1828, a celebração do Dia do Advogado foi uma homenagem à implantação da Faculdade de Direito de São Paulo. O curso foi uma das ações desenvolvidas pelo imperador do Brasil D. Pedro I.

Outra data em comemoração ao dia dos advogados é 19 de maio, o dia do padroeiro desses profissionais, Santo Ivo (1253/1303), que faleceu neste dia.

O padroeiro foi estudante de direito, já aos 14 anos de idade, na cidade de Paris, e depois em Orleans. Sua preferência era pelo direito civil e canônico, tendo atuado nessas áreas em defesa dos pobres que não tinham condições de financiar as despesas judiciais.

Dia do Pendura

O dia  11 de agosto também é conhecido como Dia do Pendura, uma tradição do início do século XX.

Nesta época, os comerciantes costumavam homenagear os estudantes de Direito deixando-os comer de graça. Essa era uma forma de atrair mais fregueses, pois, naquela época, os estudantes eram quase todos de famílias ricas.

Com o tempo, o número de alunos cresceu muito e os restaurantes não queriam mais aceitar que eles não pagassem pelo que comessem. Na década de 30, os estudantes da Faculdade de Direito do Largo São Francisco oficializaram o Dia de Pendura (ou o Pindura).

Atualmente, alguns restaurantes preferem fechar suas portas neste dia, principalmente do Largo São Francisco. Enquanto isso, outros locais entram no clima do Dia do Pendura, na esperança de conquistar a confiança de novos clientes.

Em algumas faculdades, alguns diretórios acadêmicos de Direito costumam organizar a comemoração, já contratando com antecedência o local onde se dará o Dia do Pendura, muitas vezes negociando com o dono do estabelecimento descontos no total consumido, ao invés de não pagarem nada, diminuindo assim o prejuízo.

A comemoração, mantida até os dias de hoje, consiste em comer, beber e não pagar. Mas, segundo o Código Penal, artigo 176, comer em restaurantes sem pagar é crime. Entretanto, na maioria dos casos que chegam à Justiça, os estudantes são absolvidos.


 

*** com informações do site Brasil Escola e do site Migalhas

Comentários


+ Notícias

Abertas inscrições para processo seletivo no Gabinete da Desembargadora Eliney Veloso

DA CASA - Foram abertas, nesta segunda-feira (28), as inscrições para o processo seletivo...

28 de setembro de 2020


Confira dicas de ferramentas que contribuem na utilização do Gmail

DA CASA – Cancelar um e-mail do Gmail é uma opção para quem enviou uma mensagem por engano,...

28 de setembro de 2020


TODOS PELO PANTANAL -  Animais precisam de medicamentos e utensílios para ações de resgate; ajude!

DA CASA - A sede e a fome são os grandes desafios dos animais que conseguem sobreviver...

28 de setembro de 2020


Veja todos(as)

+ Da Casa